A vida escolar de uma pessoa é essencial para definir o seu futuro.

Professores, diretores e outros profissionais da educação planejam o cronograma anual de acordo com a idade do aluno, as novas tendências educacionais, as mudanças nos exames de vestibular e outros fatores.

Muitas crianças e adolescentes podem encontrar dificuldade em algum momento – ou em vários – de sua vida escolar.

Isso é muito comum e não significa uma falta de capacidade intelectual.

Então, se você anda fazendo os deveres escolares do seu filho, este texto é para você!

Continue lendo e veja como você estimular o seu filho a fazer os próprios deveres!

Entenda os Problemas do Aluno

aluno-com-desvio-de-atenção

Em muitos casos, pode se tratar de uma baixa adaptação à escola, ao meio onde vive, problemas de família e dificuldade para lidar com a disciplina.

Nesses casos, os pais devem atuar colaborando com os professores e a escola, de modo a fazer com que os alunos eliminem os obstáculos de aprendizado e tenham uma vida escolar mais tranquila, uma vez que questões como notas baixas e reprovações fulminam a autoestima do aluno, o desestimulam e causam muito stress, tanto para ele, quanto para os pais e professores.

O apoio familiar é essencial para o bom rendimento dos alunos. Uma vez que possui uma boa estrutura, o aluno consegue assimilar melhor os conteúdos trabalhados em classe.

No entanto, é de extrema importância que os pais saibam medir e equilibrar o apoio que dão aos filhos.

Não é conveniente deixá-los livres para escolher as próprias consequências, ainda que estejam apenas na escola.

É o momento em que vão aprender a tomar as melhores decisões e precisam de conselhos.

Controlar demais também não é uma boa saída, assim como interferir excessivamente nas lições, no relacionamento com o professor e os colegas e querer ditar um comportamento que foge do padrão de personalidade do seu filho.

Por isso, o ideal é ser tolerante, estando presente para qualquer necessidade e sabendo dizer não quando é preciso.

Pode ser confuso identificar estas três situações.

Por isso, vamos dar algumas dicas que podem lhe ajudar a não extrapolar e nem deixar a desejar na hora de lidar com os problemas do seu filho.

Nada de Fazer a Lição Deles

aluna-fazendo-tarefas

 É difícil ver um filho em apuros, nós sabemos disso.

Especialmente quando podemos resolver o problema!

O impulso inicial é de acabar com o assunto fazendo, nós mesmos, suas lições e isso não é sensato.

Imagine que na hora do apuro, ele terá que buscar uma solução.

Neste momento ele irá aprender a encontrar sozinho o que precisa para resolver sua vida. E isso é de extrema importância.

Os pais não podem estar presentes o tempo todo na vida dos filhos e, por pior que isso soe para você, um dia ele passará por apuros longe das suas vistas.

Aliás, um dia não!

Vários dias!

Afinal, por quantos apuros você já passou longe dos seus pais quando era adolescente?

Isso é normal.

Nós vivemos em um mundo imperfeito e precisamos aprender a lidar com ele.

Se você interfere sempre que o seu filho está passando por dificuldades, você o impede de aprender a encontrar soluções para os problemas dele e sempre se acostumará a deixar tudo por sua conta.

Não é muito melhor que você o ensine a lidar com os obstáculos?

Pais preocupados devem buscar fortalecer os seus filhos.

Portanto, se o seu filho não souber a lição de casa, você pode tentar ensiná-lo, mas sem fazer tudo para ele.

Se não funcionar, converse com seus professores, busque reforço e descubra o problema sempre visando ajudá-lo a superar, nada mais do que isso.

Não Brigue Com Professores

professoras-e-alunos

Infelizmente, há pais que colocam a culpa de todos os problemas escolares dos alunos nos professores.

Embora haja casos nos quais o professor passe um pouco dos limites, você deve descobrir ambas as versões e analisar por si mesmo a situação.

Geralmente, professores com boa formação de boas escolas são imparciais e não alimentam implicâncias com nenhum aluno.

Portanto, investigue.

Deixe para tomar uma medida definitiva quando você tiver pleno conhecimento da situação.

Não Permita Que os Colegas Façam os Deveres do Seu Filho

aluna-exemplar

A cada dia esta prática fica mais comum.

Em muitos casos os alunos até pagam aos outros para fazer alguns trabalhos.

Você deve evitar isso quase pelos mesmos motivos pelos quais não deve fazer a lição de casa do seu filho.

Os professores passam trabalhos e tarefas com um intuito, que é fixar o conteúdo, fazer com que dúvidas apareçam e permitir que os alunos tentem fazer sozinhos o que foi passado em classe, para ter certeza de que sabem.

Se alguém o faz para eles, é muito difícil que se preparem para as avaliações.

Os exercícios para fazer em casa são muito importantes e podem valer como horas de estudos extraclasse.

Por isso, interfira quando perceber que ele deixa tudo por conta dos colegas.

Não Ignore Problemas Evidentes

menino-desconfiado

Isso faz parte do equilíbrio.

Se você vê que o seu filho está em dificuldades ou não lida bem com a responsabilidade exigida na escola, mas não pede sua ajuda, não finja que nada está acontecendo.

Pergunte a ele como vão as coisas, coloque-se disponível para ajudá-lo com qualquer problema.

Ter o apoio dos pais fará com que ele se sinta motivado para contornar qualquer obstáculo ou incômodo que possa estar sentindo.

A melhor saída para que seu filho se empenhe é mostrar-se disponível, ser seu amigo.

Se você buscar este tipo de relação ele certamente dedicará a você todas as suas notas boas na escola, a sua aprovação no vestibular e todas as suas conquistas na vida, uma vez que as raízes do sucesso não raro se concentram no apoio de alguém amado.

Faça com que ele perceba que você quer tanto quanto ele que ele se saia bem na escola da melhor maneira possível! 

Assim terá a sua confiança sem precisar de intervenções diretas demais que só irão prejudicá-lo!

E ai papais, o que acharam destas dicas?

Acham que elas podem te ajudar?

Conhecem alguém que podem se beneficiar delas?

Sim?

Então faça esse conteúdo chegar até esta pessoa!

É de extrema importância que os pais tenham acesso a este conteúdo, pois ele pode ajudar a resolver vários problemas!