Chegou a hora de fazer a rematrícula ou procurar uma nova escola e você não sabe por onde começar?

Neste terceiro texto da série vamos falar sobre a importância de coletar referências e também fazer uma visita na escolha que você está pensando para o seu filho.

Se o seu filho já é um pouco crescido, pode trocar ideias com ele e saber o que mais irá lhe deixar feliz.

Isso não significa que ele decidirá sozinho onde irá estudar. Mas fazer uma ideia do que mais lhe agradará poderá facilitar, e muito a sua vida.

Entenda o que Seu Filho Quer e o que é Importante Para Ele

Muitas crianças podem optar pelas escolas onde estão os seus amigos. Neste caso, você não deve se opor ou dar a ele razão, mas se nortear por outros fatores e deixar este como consequência da sua escolha.

palestra-saude-bucal-educar (4)

Peça Referências

Você pode começar pedindo referências de amigos e parentes que possuem filhos em algum bom colégio.

Procure saber como é, o que fazem lá os alunos, onde fica, quanto custa e como os pais acham que a escola influencia seus filhos.

Muitos pais procuram escolas com propostas diferentes, então é essencial que você avalie se as referências que estão lhe dando irão de encontro ao que você busca para o seu filho.

As escolas, em muitos casos, são definitivas para a formação do adulto que seu filho irá se tornar.

Analise quais escolas são mais respeitadas em sua cidade. Há colégios que são tradicionais, tendo educado gerações de famílias em sua região, e há outros com conceitos mais modernos e voltados para o mundo de hoje.

Nesse contexto você deve optar pelo que lhe agradará mais e a seu filho.

criança-feliz-educar

Se acaso for um colégio que contém ensino médio, procure saber qual é o sistema de ensino utilizado e qual é a média de aprovação dos alunos deste colégio.

Isso não significa que o colégio é responsável pela aprovação dos alunos, mas é importante considerar que muitos colégios direcionam o conteúdo do ensino médio para os vestibulares mais procurados, o que aumenta consideravelmente as chances de aprovação dos alunos.

Caso seu filho seja ainda pequeno, procure saber como é o tratamento dado às crianças, quais são as atividades que se desenvolvem e qual é a sensação que os pais têm ao buscar os filhos. Isso diz muito sobre o modo como são tratados na escola.

Tire Suas Próprias Conclusões, Faça Uma Visita!

Avaliadas as referências, faça você mesmo uma visita ao colégio. Converse com os futuros professores de seu filho, diretores e coordenadores e ouça com atenção o que têm a dizer.

Faça um tour pelo colégio e analise suas dependências. Procure saber quais são as atividades que a escola oferece e se agradarão ao seu filho.

É importante que os pais estejam presentes no colégio antes da matrícula para se certificar que ficarão tranquilos deixando seus filhos aos cuidados da equipe em questão.

Pesquise!

pesquise

Procure saber se são profissionais qualificados, quais os princípios que pretendem passar aos alunos e quais são as bases em que a escola como um todo se alicerçam.

É extremamente importante que os princípios da escola vão de encontro aos seus princípios e de sua família. Caso contrário, não demorará para que conflitos comecem a aparecer ou que seu filho fique bastante confuso ao ser colocado em contato constante com ideais divergentes entre si.

Você pode fazer uma busca na internet e descobrir várias coisas sobre a escola. Pode ver fotos de atividades, da equipe e descobrir eventos realizados pela escola ou dos quais participou.

A internet poderá fornecer comentários de pais e alunos e permitir que você faça uma melhor avaliação.

Portanto, gaste bastante tempo na internet procurando informações de todos os tipos a respeito da escola. Caso tenha um site oficial, procure absorver todas as informações que estiverem disponíveis e compare quais são possíveis escolas que você poderá escolher.

Pela internet você poderá selecionar de forma mais rápida e prática alguns nomes para fazer uma visita ou checar com cuidado mais tarde.

Busque tirar todas as suas dúvidas na internet. Nas redes sociais como o Facebook há pais de alunos prontos a prestar qualquer informação referente às escolas de sua cidade – e este tipo de informação costuma ser bastante precisa.

Portanto, não hesite em pedir informações na web.

Caso não tenha conhecidos ou não tenha ficado satisfeito com a pesquisa, a visita à escola continua sendo a melhor opção. É a melhor maneira de se aproximar da realidade que o seu filho terá a partir do momento que começar a fazer parte daquele ambiente.1

Dificilmente a escola terá algo a esconder dos pais em visitas e, caso tenha, dificilmente o conseguirá.

Portanto, a visita torna-se imprescindível, mesmo que você tenha conseguido excelentes informações através de outras fontes.

Para conhecer um pouco mais sobre o Centro Integrado Educar e a nossa Super Campanha de Matrículas para 2016, clique aqui e tire todas as suas dúvidas!

Ficamos à disposição par responder qualquer questionamento que você tenha!